Na terça-feira (20), aconteceu a 9ª edição do Ranking IBEVAR-FIA, onde foram premiadas as maiores empresas do varejo brasileiros de 2018 em diversas categorias, utilizando como parâmetros faturamento, eficiência e imagem.

“O ranking é o nosso estudo mais educativo. No Brasil, o movimento do varejo ainda está no começo, mas tem muito potencial para crescer”, afirma Patricia Cotti, diretora executiva do IBEVAR (Instituto Brasileiro de Executivos de Varejo).

Cotti explica que imagem é como o cliente vê a empresa e se manifesta na mídia ou redes sociais, de forma espontânea. É a categoria que mostra as empresas mais admiradaspelos consumidores. E engana-se quem pensa que as empresas de e-commerce levam vantagem nesse quesito por já terem presença online.

“É importante para a empresa entender como o cliente entende a empresa no mercado. No estudo, expusemos a opinião dos consumidores para tentar entender quais são nossas fraquezas e forças e conseguimos analisar a imagem que os clientes têm das empresas. E-commerce leva vantagem? Claro que não! O mundo está na internet, por isso toda empresa tem presença online”.

Paulo Correa, CEO da C&A Brasil, foi o patrono do evento. “Estamos vendo a transformação de que o cliente está cada dia mais no centro. A dinâmica do consumo está mudando de tal maneira que nos obriga a nos reinventar a todo momento e em formas diferentes. A loja precisa estar no celular na hora que o cliente liga,  e disponível o tempo inteiro. É a medida em que vemos a imagem que pode ser traduzida em importância”.

Ranking de imagem (empresas mais admiradas)

Loja de departamento – Mercado InfoWeb

Hiper e supermercados – Carrefour

Atacadistas – Assaí

Alimentos – Cacau Show

Eletroeletrônicos – Magazine Luiza

Artigos para o lar – Tok & Stok

Farmácias e drogarias – Panvel

Beleza e cuidado pessoal – O Boticário

Materiais de construção – Leroy Merlin

Fast food – McDonald’s

Esportes – Centauro

Livrarias – Saraiva

Brinquedos – RiHappy

Moda – C&A

Pets – Petz

Especializado – Vivara

Comércio eletrônico – Submarino

Loja de departamento – Lojas Americanas

O ranking também premia a empresa mais admirada, considerando todos os setores. Nessa categoria, o vencedor foi O Boticário.

Ranking de eficiência

No ranking de eficiência, que considera fatores como o número de colaboradores, número e formato de lojas (dados disponíveis para todas as empresas). Veja as empresas que alcançaram 100 pontos de eficiência:

Hiper e Supermercados – Carrefour, Makro, Zaffari, Mambo, Atakarejo, Formosa, Koch

Eletroeletrônicos e Móveis – Via Varejo, Magazine Luiza, Fast Shop, Fujioka, Tok & Stok

Moda e Esporte – Renner, Guararapes, Havan, Inditex, Lojas Avenida

Drogaria e Perfumaria – Raia Drogasil, Araújo, Onofre

Fast Food e Restaurante – McDonald’s, IMC

Material de construção – Leroy Merlin, Cassol

Especializadas e outras – Cacau Show, Kalunga, Saraiva, Oxylane

Ranking de faturamento

Já no ranking de faturamento, o Carrefour levou o primeiro lugar, com receita de R$ 56,3 bilhões em 2018, seguido por Grupo Pão de Açúcar (R$ 53,6 bilhões), Via Varejo (R$ 30,5 bilhões) e Walmart (R$ 23 bilhões).

Carrefour (R$ 56,3 bilhões)

Grupo Pão de Açúcar (R$ 53,6 bilhões)

Via Varejo (R$ 30,5 bilhões)

Walmart (R$ 23 bilhões)

Lojas Americanas (R$ 20,8 bilhões)

Magazine Luiza (R$ 18,8 bilhões)

Raia Drogasil (R$ 15,5 bilhões)

Renner (R$ 9,7 bilhões)

Drogarias DPSP (R$ 9 bilhões)

Grupo Guararapes (R$ 8,2 bilhões)

De acordo com o ranking, as 120 maiores empresas do varejo faturam juntas R$ 345 bilhões, o que corresponde a 29,5% do PIB brasileiro.